Oração aos Antepassados – Uma Invocação Luciferiana da Nona Direção

Oração aos Antepassados – Uma Invocação Luciferiana da Nona Direção

45
(Tubalo Lucifer por Andrew Chumbley)

“Por tudo o que é valioso,
O sangue em minhas mãos:
É o sangue de divindades”
(1)

 

Quando teu sangue sussurrar ao teu ouvido, com uma voz que te lembrará do som do rastejar de uma serpente;

Quando o vento lhe trouxer tais sussurros como se os trouxesse do Abismo;

Quando sentires que esse Abismo, seja qual for tua máscara, reside em teu sangue e espírito pelo antigo pacto;

Quando aceitares a ideia de que o teu sangue é o mesmo dos Deuses Antigos e das forças caóticas e primitivas anteriores aos mesmos;

E finalmente, quando for capaz de sentir, sem precisar emitir palavra alguma, que o silêncio e o poder, assim como tua maldição e tua sabedoria, são tua herança e tua Marca na linhagem de Qayin e dos Anjos Caídos;

Será o dia em que teu mundo irá ruir e, teu entendimento, mesmo trazendo a sua vista todas as mentiras, lhe trará a visão da face da Luz, das Trevas e dos Caminhos.

Será quando entenderá tua origem e teus mistérios.

E será quando estará mais próximo da Chama das Eras que brilha entre os chifres sagrados de Azazel.

Chame pelos teus ancestrais com o orgulho de todos os seus feitos que adormecem em teu próprio sangue e espírito.

 

macabre

Oração aos Antepassados

.

Das Profundezas de meu ser,

Eu invoco a fagulha do fogo primordial,

A Chama das Eras que brilha entre os chifres sagrados de Azazel!

Eu invoco aquele que é desconhecido!

A sombra obscura, a metade sombria.

O que possui o rosto ocultado pela escuridão da noite

e a imagem refletida pela luz do dia.

Aquele cuja Luz brilha na escuridão mais profunda.

 .

O Ferreiro divino e infernal,

O fogo negro sob a alcunha de Tubal-Qayin!

Cuja descendência forjou o prego que nunca esfria!

   .

Eu chamo pelos pais do fogo e sangue!

Cuja chama ardente e indomável vive eternamente!

A serpente flamejante que adormece em minhas veias!

O beijo lascivo da mãe que açoita!

Aquela da casa de Samael!

   .

Pois Eu sou Ele! E Eu sou Ela!

A máscara das possibilidades,

E o véu que esconde o segredo!

Aquele cuja palavra não pode ser escrita.

   .

Eu sou a forja e o metal retorcido de TUBALO-LÚCIFER,

Aquele que pelo fogo vive em eterna transformação!

  .

Eu sou a foice purificadora de QAYIN!

Aquele que alimenta a terra com o verdadeiro sacrifício!

 .

Eu sou o sangue ancestral e de poder implacável de NAAMAH-LILITH!

A Serpente-Dragão que a tudo devora!

.

Pois eu invoco e evoco a mim mesmo!

Pois eu sou aqueles que já se foram!

E toda sua glória e seu poder também pertencem a mim!

Pois Eu sou a Luz e Eu sou as Trevas!

Eu sou tudo o que ha entre eles!

Eu sou Ele, e Eu sou Ela!

Portador da Luz, Portador da Noite, Portador dos caminhos,

Aquele que é fogo e transgressão!

Que minha alma ascenda como a Chama das Eras que brilha entre os

chifres sagrados de Azazel!

.    

LUCIFER! NOCTIFER! CRUCIFER!

(2)

“Eu estou sozinho a andar pela noite
Os pássaros tardios não cantam mais
Vi a criança do sol na multidão, então
Chorei para o céu estrelado”
(3)

 

Black-Magic-free

Notas:

(1) trecho da música “Cain” (Caim) da banda Tiamat;

(2) Oração retirada do Grimório “O Caminho das Noves Direções – Livro 1 – A Primeira Chama”, por Adimiron Ben Theli;

(3) Trecho da música “Morgenstern” (Estrela-da-manhã) da banda Rammstein.

Anúncios

6 Respostas para “Oração aos Antepassados – Uma Invocação Luciferiana da Nona Direção

  1. Olá, meu caro! Eu quero saber. Para uma pessoa comum, sem muito espaço e mesmo com possibilidades reprimidas pela estrutura psicológica de 500 anos atrás (risos) herdada por minha família cristã e conservadora, como posso me iniciar? Fazer iniciações internas, me consagrar à deuses e usar seu poder…
    Em outras palavras, como me torno bruxo? Não quero um manual detalhado, apenas peço dicas, como para um amigo mais velho, já que eu senti uma certa experiência em outro seu. Desde já agradeço!

    Curtido por 1 pessoa

    • Olá Claudiano,
      Então, na verdade não podemos “nos iniciar” no que diz respeito as ideias modernas de ritos de auto-iniciação.
      Existem sim iniciações verticais em que acabamos por receber iniciações direto dos Poderes, culminando em grandes mudanças.
      O que eu aconselho é leitura, auto reflexão, uma verdadeira busca entre estudos e práticas.
      Caso vc tenha ainda muitas barreiras, morais e costumes cristãos, não precisa se desesperar, mas tente enxergar além do que as pessoas acham “certo” e “errado”, “bom” e “mau”, ‘bem” e “mal”.
      Estudo religiões e diferentes costumes. Tente se por no ugar do outro e enxergue a importância de sua visão de mundo, mesmo que não consiga fazer isso completamente.
      A dica é: não se preocupe tanto com a formalidade da iniciação – isso acaba vindo com o tempo e quanto mais contatos com os poderes você for desenvolvendo, mais você vai conseguir enxergar além de seus próprios horizontes 😉
      abs

      Curtido por 1 pessoa

    • tratos são muitas vezes oportunos, surgem do nada. Começa normalmente sendo iniciativa nossa, mas com o tempo, podem surgir outros seres querendo algo de você.
      Muita coisa é a base de troca, você oferece algo e pede algo ou vice-versa. Outras vezes é questão de se firmar relacionamento, agradar e conviver com o tempo e estreitar laços. Muito parecido com relações interpessoais, só que um pouquinho diferente rs
      abs

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s