Considerações pessoais aos iniciantes na Bruxaria

Considerações pessoais aos iniciantes na Bruxaria

tumblr_n4hzgvHp531sf7q3yo1_500

Por debaixo da máscara na qual você se enterrou
É preto como carvão.
Eu estou cansado de engolir o que você faz
Cada dia uma face nova
E se eu desparafusar
Sua própria identidade
Você não se perguntaria se iria restar algo de você?
(1)

Decidi escrever este texto de forma espontânea. Não preparei materiais especiais e nem tampouco várias referências para usar como base. Não, este texto será espontâneo e irá refletir minhas considerações para aqueles que começaram a andar ha pouco tempo no Caminho e para aqueles que desejam começar a andar de alguma forma. Talvez o texto sirva para aqueles que já possuem uma boa caminhada, afinal, algumas experiências pessoais podem trazer algumas reflexões a cada um de nós e acabar por nos presentear com uma pequena fagulha que, se em contato com algo inflamável, poderá acender uma chama crescente, como o sopro do Grande Dragão. Continuar lendo

Anúncios

O Voo Noturno: um pouco sobre Sonhos Lúcidos, Viagens Oníricas e Projeções Astrais.

Ascension
(Austin Osman Spare)

(1)*

“Em um sonho
Eu estou escalando as nuvens
Eu toco um céu conquistado
Com minhas mãos nuas”
(2)

Muito é dito sobre viagens a outros reinos de manifestações através dos sonhos, mas pouca coisa realmente é dita e menos ainda alcançada.

A ideia que muitas pessoas possuem desse tipo de viagem, consiste em ideias totalmente simplórias, como se todos fizessem viagens astrais a todo o momento, apenas não se lembrando ou ainda persistindo numa ideia de que ao fechar os olhos, sua alma sai do corpo todas as noites para visitar outros locais. Não que essas ideias não possuam alguma lógica ou sentido, mas temos que observar que tais ideias partem em sua maioria da doutrina espírita Kardecista, portanto, carrega o peso de seus ensinamentos moralistas e cristãos, como por exemplo, a ideia de que não se pode usar a viagem espiritual para fazer maldades, espionar ou alterar eventos, descobrir talismãs, símbolos, poderes, etc… e como o mundo não é regido pela lei cristã, devemos dizer: é claro que se pode. Aliás, descobrir poderes, símbolos, contatar entidades de variadas naturezas, ir a reinos de seres de comportamento ou tendências variadas e se fortalecer de inúmeras formas é simplesmente a ideia básica daqueles que trilham o Caminho. Continuar lendo